Get Adobe Flash player

Matosinhos - Mercado - Projecto de ARS Arquitectos 1936-1949
O concurso para o actual Mercado de Matosinhos veio na sequencia da falta de consições do anterior Mercado. Em 1936 é lançado o concurso de ideias, e a solução de ARS Arquitectos ganhou com uma solução arrojada para época. É importante notar que esta construção decorre pouco depois do final da 2ª guerra mundial, em que tudo falta.

A tecnologia empregue advem do que se chama de Thin Concrete shell vaulting, que tem a sua origem na necessidade de cobrir os grandes vãos dos hangars de aviões, durante a 2ª grande guerra.

No caso deste mercado, ele tem um vão total de 36.5x86.0m de cobertura.

O modelo ao lado mostra a deformação sofrida por esta estrutura de betão, caso fosse uma peça única.

Penso que a principal razão da abertura de grandes vãos envidraçados na cobertura, veio simplificar bastante o esforço de deformação destes enormes arcos de betão.

E o efeito da iluminação natural neste mercado, é impactante, e em conjunto com a sua forma e funcionalidade, torna este edificio num exemplo de arquitectura de elevadíssima qualidade. Tomara muitos edificios públicos actuais apresentarem esta funcionalidade.

O constructor Sr.Luis José Oliveira, estudioso da construção civil, criou nada menos do que uma estrutura de cofragem (molde) móvel; situação que atraiu na época arquitectos e engenheiros espanhois pois nessa época apenas uma cobertura de um edificio desportivo em Madrid, tinha uma estrutura de betão em shell vaulting, e era do mais recente que se fazia.

INICIO