Visita virtual à cidade do Porto em panoramas 360º
Rua das Flores
Panoramica 360º esférica na Rua das Flores em frente ao antigo Solar dos Figueiroa
Rua das Flores
A rua foi aberta a partir de 1521, em terrenos ocupados pelas hortas do Bispo. Passou a ser uma das principais vías da cidade, escolhida por nobres e burgueses que aqui construíram luxuosos palacetes. De entre os edificios, destacam-se a Casa dos Maias (nº 29) e a dos Cunhas Pimentéis (esquina com o Largo de S. Domingos), cuja construção remonta ao séc. XVI. Na Casa dos Sousa e Silva (nº 79-83), o brasão ostenta a data de 1703. A chamada Casa dos Constantinos (nº 139) é igualmente do séc. XVIII. Na Casa da Companhía (nº 69) funcionou desde o séc. XVIII a Companhía Geral da Agricultura dos Vinhos do Alto Douro, criada pelo Marques de Pombal..

The street was opened from 1521 onwards and run across horticultural land belonging to the Bishop. It became one of the city's most important streets, favoured by the nobles and bourgeois who built luxurious manor houses here. Among the finer buildings are the Casa dos Maias (nº 29) and the Casa dos Cunhas Pimentéis (on the corner of Largo de S. Domingos) which were built in the XVIth century. Casa dos Sousa e Silva (nº 79-83) and Casa dos Constantinos (nº 139) date from the XVIIIth century. pieces due to its harmonious proportions and decoration, has become Oporto´s most characteristic landmark.